Um pouco de história.

Comecei a pintar paisagens, naturezas-mortas (naturezas-mortas), Bosquegones (nome que criei), (ver nas Galerias ) etc., tudo com óleo e sempre procurando uma linha de trabalho que me identificasse como artista.

Quando tive a oportunidade de experimentar tintas acrílicas e usar texturas, minha maneira de ver a arte começou a mudar e, depois de muito esforço, criei uma linha que me identifica há mais de 20 anos e são Silhouettes , foi o que pensei. usando o sobrenome do meu querido avô materno Manuel Calveiro Santaolaya, e mudei meu nome artístico para, como eles já me conhecem, SANTAOLAYA.

Eu não sei